Obrigada, mas… Não quero ser mãe!

Esses dias li um texto de uma pessoa que admiro bastante e me fez pensar o quanto ouço frases como “Quando você vai ter um filho?” ou “Você não pode demorar muito pra ter um filho” e com isso decidi trazer um texto com teor de desabafo pra vocês sobre eu e minha decisão de não ter um filho (quem sabe, por hora).

Imagem por Meu Primeiro Batom Vermelho

A alguns dias, a influenciadora Karol Pinheiro – a quem sigo desde o tempo da Capricho – acabou de ter o seu primeiro filho, Manuel. E com isso sua melhor amiga e companheira de trabalho, Maqui, escreveu um texto para a Uol, onde é colunista, sobre essa fase de sua melhor amiga. Aqui eu vou destacar algumas parte do texto dela, mas se você quiser e tiver interesse em ler ele completo, é só clicar aqui.

Esses dias, dando uma olha no feed infinito do Instagram, me deparei com uma postagem onde as pessoas perguntas as coisas como se a vida fosse uma lista de afazeres: “já casou?”, “já noivou?”, “quando vão ter um filho?” e se você for parar para analisar realmente parece que a vida é feita de tópicos que você precisa cumprir.

Minha melhor amiga acabou de ter um filho e agora sou tia! Não de sangue, mas tia de verdade. Os próximos anos da minha vida serão ao lado desse carinha que acabou de chegar no mundo e eu não poderia estar mais feliz.

Maqui Nóbrega – Kendall Jenner, Cristina Yang e eu: tudo bem se não quisermos ser mães

Em Outubro meu primeiro sobrinho faz 1 ano. Lembro bem da sensação de felicidade quando me contaram que minha cunhada estava grávida, eu abri um sorriso, feliz com a notícia já que de certa forma sabíamos que era algo que ela queria. E este é o primeiro ponto, me tornar tia me traz a responsabilidade de querer o melhor para ele, de querer ajudá-lo a crescer nesse mundo muitas vezes, cruel. Ajudei na formação dos meus dois primos – que tenho como irmãos – e não serei diferente com meu sobrinho (ainda mais que hoje em dia já tenho uma maturidade maior para poder ajudá-lo da melhor forma possível).

[…] mas recebi umas duas ou três mensagens “e aí Maqui, quando vai ser a sua vez?” […] me contentei em falar “não me vejo mãe”.

Maqui Nóbrega – Kendall Jenner, Cristina Yang e eu: tudo bem se não quisermos ser mães

Lembro que quando decidi casar ouvi várias vezes a frase “Você tá grávida?”, pelo simples fato de eu estar na casa dos 20 anos. Mas automaticamente, após o casamento, o julgamento da possível gravidez se tornou a passar um “Quando vocês vão ter um filho?”. Eu e meu marido desde sempre não nos vemos pais de uma criança, e sempre quando dizemos em almoços de família que não queremos filhos é sempre um espanto diferente, mas temos um cachorro e somos feliz com essa escolha que fizemos em nossas vidas. A realidade é que eu nunca me vi mãe e nunca tive essa necessidade, gosto de ter a liberdade que tenho e poder escolher o que fazer em cada momento, além de saber que filhos são responsabilidades eternas, por isso honro meus pais. Quando contamos aos meus sogros que tínhamos pego um cachorro, eu lembro deles falarem: Por que vocês não tem um filho em vez de ter um cachorro?

Isso não quer dizer que eu não adore crianças ou ache encantadora a ideia de ter um ou uma mini você andando por aí. Eu acho lindo! Só não faz sentido pra mim.

Maqui Nóbrega – Kendall Jenner, Cristina Yang e eu: tudo bem se não quisermos ser mães

Minha mãe sempre disse que eu sou um imã para crianças: e é realmente verdade. As vezes eu acho até engraçado que as crianças sorriem na rua pra mim como se me conhecessem a anos. Sempre me dei bem com criança, amava ajudar minha mãe na escola, já dei aula pra crianças e era encantador a forma como sempre sou tratada por elas. E não querer ser mãe não significa que eu não goste ou não saiba cuidar de uma criança, mas atualmente pra mim não faz sentido, não é algo que eu almejo.

E se ano que vem, ou daqui 20 anos, a Kendall decidir ficar grávida, mara! O que eu quero dizer é: TUDO BEM você querer ser mãe e TUDO BEM você não querer.

Maqui Nóbrega – Kendall Jenner, Cristina Yang e eu: tudo bem se não quisermos ser mães

Próxima dos 25 anos, a frase que mais ouço é: Não demore pra engravidar, quanto mais velha você ficar você não vai ter fôlego para cuidar de um bebê. E isso não é real. Eu entendo que sim, conforme passa os anos a sensação de cansaço aumenta mas isso não vai te impedir se, com 35 anos, você decidir ter um filho. Por mais que a sociedade evolua, eu ainda sim percebo várias vezes que ter um filho é algo necessário para uma mulher que já casou e um casal que já é estável, porém ainda sim é algo que precisa ser mudado.

A maior parte das pessoas fica horrorizada se você diz que não quer ter um filho e utilizam o argumento de envelhecer, o famoso “Quem irá cuidar de você quando você ficar mais velha?”. Não querer ser mãe pode ser uma decisão temporária ou pro resto da vida, mas é algo que deve ser aceito por quem convive com você.

A algum tempo atrás eu fica extremamente chateada quando ouvia comentários sobre a minha escolha de não ser mãe e isso não é bom porque acaba te deixando mais triste e você acaba se questionando se há algo diferente com você. Porém hoje eu entendo a minha escolha e do porquê dela e isso me deixa em segurança, já que hoje não entro em embate com quem questiona, eu só respondo a pergunta e deixo que as pessoas falem o que desejam, sem absorver as coisas pra mim.

Eu confesso que acho lindo quem quer filhos, quem quer ter uma família, mas pra mim não é e nunca foi um sonho meu desde criança, mesmo gostando muito de crianças. Se você se sente mãe, se deseja isso, não vejo problema algum, mas se ao mesmo tempo você não quer, não apresse o tempo ou faça algo por conta da imposição da sociedade, ser mãe é uma decisão que você toma e é pro resto da vida.


Um beijo e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s