Resiliência

Acho engraçado após tanto tempo pensando sobre o assunto, vir falar sobre esse tema aqui no blog, mas acredito que tem coisas que vivemos que nos fazem mudar, repensar situações e nos adaptar a um novo modo de viver. Nem de longe acharia que escreveria sobre o que eu analisei exatamente nos últimos meses desde uma conversa com um amigo, mas algumas coisas acabaram fazendo sentido pra mim.

Imagem por Meu Primeiro Batom Vermelho

A origem desse texto se deu a uma conversa com um amigo que é incrível em minha vida e nossa amizade tem uma característica incrível: nós não nos julgamos. E isso já me mostra quanto é importante essa amizade. Estávamos conversando sobre várias coisas e durante esta conversa ele disse:

Você tem uma p*** força de vontade, você já passou por tanto. Eu já te disse, o que mais admiro em você é a capacidade de se reinventar. Você tem uma p*** resiliência. Eu te admiro muito e me inspiro.

Se você procurar a palavra resiliência no Google você vai encontrar vários significados, mas no caso deste texto é a capacidade de se recuperar de situações de crise e aprender com ela. Não vim aqui que é algo fácil de se fazer, porque a análise que eu fiz da minha própria vida me fez chegar a seguinte conclusão: se reinventar dói demais.

Nunca escondi das pessoas, principalmente aqui, que um dos anos mais difíceis pra mim foi 2016. Passei por mudanças, um término de relacionamento, começo de outro e foi muito dolorido as situações passadas e hoje vejo que levei muito tempo pra ser sincera comigo mesma por conta de todas essas situações. Na época eu chorei, passei por perdas dolorosas – que no momento eu não podia compartilhar com ninguém – tentei cometer dois suicídios, e todas essas situações me mostram hoje o quanto algumas coisas não devem afetar tanto a nossa vida.

Acho engraçado quando algumas pessoas comentam comigo: nossa, você é tão nova, nem viveu muito ainda. Mas o que elas não sabem é o quanto eu fui me adaptando e aprendendo com todos os traumas que passei e principalmente que, o que não é nada demais para os outros, pode ser muito pra você. Um dos meus relacionamentos, sempre quando eu tinha uma crise de ansiedade dizia: Você é muito dramática ou para de frescura, não é bem assim, ou até mesmo fui tirada como louca e eu sofria demais com isso, principalmente pelo fato de que quando você está com uma pessoa você espera ouvir e ser ouvida, apoiar e ser apoiada, independente de ser uma frescura ou não.

Após sair desse relacionamento e passar um longo tempo me tratando para conseguir de certa forma, superar algo não saudável, comecei a analisar a vida de outra forma e tentar tirar lição de tudo que estava acontecendo comigo naquele momento. E hoje eu posso dizer que é algo libertador pra mim ter essa capacidade de cada vez me reinventar e aprender um pouco mais sobre tudo.

A primeira coisa que eu percebi é que você tem que estar exatamente aonde tem que estar naquele momento, não importa se irá ser bom ou ruim, fácil ou difícil, com ou sem dor, você precisa passar por aquela situação e tirar alguma lição dela. E isso aconteceu muito comigo, um exemplo foi quebrar o tornozelo em um dos momentos mais agitados na minha vida: várias encomendas, final de ano e longe da família.

Quando trata na área de relacionamentos, sendo eles amorosos ou não, pode ser um pouco mais complicado. Na maioria das vezes sentimos que iremos morrer ou ficaremos sozinhas pro resto da vida se terminarmos um relacionamento com alguém, mas depois de alguns relacionamentos não bem-sucedidos eu percebi que tudo tem um após e que a vida continua, você irá seguir em frente e a pessoa também. E quer saber? Está tudo bem. Tudo bem se o relacionamento não deu certo, tudo bem se a outra pessoa conheceu alguém e já casou e você está solteira, tudo bem se relacionamentos terminam.

A vida tem seu curso e você deve seguir o seu rumo e respeitar seu tempo, isso serve tanto para amizades como amores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s