Retrospectiva 2016!

Dezembro chegou, e vou entrar na vibe da Globo e vou fazer a minha querida retrospectiva desse ano… Afinal, acredito que não foi só comigo que o ano foi – um tanto quanto – estranho. Mas ele trouxe seus momentos bons, seus momentos ruins e tudo o que podemos passar nessa ‘nave’ louca que se chama: VIDA!

Acabei separando as coisas que mais marcaram meu ano de 2016.

Então… Senta ai que lá vamos nós!

Ao som de Story of My Life, do One Direction, começo minha retrospectiva com uma imagem do Facebook.

15621722_347588035626145_117619045900619285_n

Imagem retirada do Facebook.

Vamos ao confessionário aqui: 2016 foi estranho pra todo mundo, eu não fui a única que achei isso. Foi um ano que parecia aquele tipo de pegadinha que passa (ou passava) no Programa do Silvio Santos, onde você achava que tava tudo certo e normal quando, do nada, acontecia algo que você pensava: “por que tá acontecendo isso?”.

Mas também, quando nos demos conta, estamos na reta final deste ano… E com isso vem o próximo ano, com mais promessas, mais tentativas, mais erros e mais acertos. Mas chegou a hora de fazer todo aquele apanhado de acontecimentos que me fizeram chegar até aqui.

O Show do Maroon 5 em São Paulo.

Em Agosto do ano passado, minha mãe comprou ingressos para irmos ao show do Maroon 5 em São Paulo, por eu ser uma grande fã, e esses ingressos eram meu presente de aniversário.

Então 2016 chegou e o show chegou também. Compramos um pacote de uma empresa de viagens com saída de Curitiba no estilo bate-volta (mega cansativo). Saímos de Curitiba era sábado de madrugada, chegamos em SP sábado pela manhã, andamos no shopping, conhecemos o SESC, o local do show, vimos o portão que íamos entrar e fomos pro estádio 30min antes dos portões abrirem – afinal, a fã aqui queria um lugar bom na arquibancada né.

13178855_1285735631455129_4996533795097917874_n

A mudança de serviço. 

Em Maio, minha chefa acabou tendo que mudar de local e com isso ela me fez a proposta de ir junto. E eu aceitei, afinal, sou a fiel escuderia. Mas foi difícil me acostumar porque eu estava tão familiarizado em trabalhar no Teatro que, trabalhar em um local onde eu ia lidar não só com atores mas músicos, artistas plásticos e artesãos era muita novidade e mais responsabilidade pra mim.

Mas mesmo assim, aprendi muito e conheci pessoas muito incríveis e pessoas que mostravam ser uma coisa e acabavam sendo outra completamente diferente. Mas sabemos que é assim a vida real, então não posso me queixar. Confesso que, durante esses 7 meses eu aprendi demais e são coisas que eu levarei para o resto da minha vida.

Eu não vou me casar, mãe! 

Foi a decisão mais difícil tanto para chegar a conclusão de que não iria dar certo, como para contar para minha mãe e minha família.  Desisti do casamento 2 meses antes de acontecer. Minha mãe tirou licença Premium por conta do casamento até.

Eu sentei e conversei com ela, expliquei meus sentimentos, expus meus pensamentos para ela entender os motivos que estavam me levando a desistir de um casamento que estava quase todo pago. E ao contrário de que acontece na maioria das vezes, minha mãe me apoiou, disse que eu estava certa e que se eu tinha dúvida era melhor parar antes do que casar e se separar, além do mais eu sou nova, tenho muito a viver.

Amanda, e a Depressão?

Ah gente! Vamos para uma conversa séria nesse momento?

SIM! Eu passo por isso. Tem dias que eu acordo realmente não querendo fazer nada – mesmo sabendo que minha vida, ultimamente, está ótima! – e quero ficar deitada na minha cama olhando pro nada pensando em como minha vida esta.

Eu abri mão da minha faculdade no segundo semestre praticamente, por conta de uma péssima fase de Agosto para cá. Sei que não deveria, mas vocês não imaginam o quão era sofrido levantar e ir pra aula chorando. Quantas vezes nesse tempo, peguei o ônibus e não desci no ponto que eu devia porque só conseguia chorar. O quão grande foi a tentativa das minhas amigas de me fazer ir as aulas.

Tem dias que eu só quero chorar sem motivo algum por estar se sentindo com o coração apertado.

Tem dias que eu tenho que tomar Calmante pra dormir pelo simples fato de estar com alguma ansiedade incontrolável que ano parece ser meu.

Tem dias que eu não quero que ninguém fique perto de mim, me abrace ou algo do tipo.

Tem dias que eu quero me matar por não ver a necessidade dá minha existência no mundo.

A primeira ida a balada e a sensação de liberdade.

Para muitos que me conhecem sabe o quanto eu sou ligada a minha mãe. Eu sempre obedeci ela – afinal, eu moro com ela, ela paga as contas, me ajuda quando preciso – por isso, eu mal durmo fora de casa e nunca tinha dormido na casa de um amigo.

Esse ano, após completar 21 anos (a “completa maior idade”), minha mãe começou a me dar mais liberdade da que eu já tinha quando havia completado 18 anos. Como eu escrevi aqui e pela primeira vez ela me deixou ir para Curitiba para sair com os meus amigos. Andar por lá, com meus amigos, sem aquela preocupação de chegar em casa pela manhã foi muito boa.

foto-1

O início do uso do óculos

Esse finalzinho de ano me trouxe a surpresa de que eu teria que usar óculos (novamente), só que agora com mais frequência. Então, não teve escapatória! O jeito foi levar minha mãe postiça na ótica comigo e escolher um óculos digno de “estilo e poder”. Escolhi uma armação preta, já que preto é preto e vai com tudo.

Comecei a usar sem ter contado para as pessoas e todos me perguntavam:”E de grau mesmo ou só armação pra fazer estilo?”.

É DE GRAU SIM MEU POVO!

15621804_1501887693173254_2395728300220099192_n

O Presente do ano: Meu Violino!

Aprender a tocar Violino é um sonho antigo, afinal eu sempre gostei de música… E esse ano, realizaram meu sonho de ganhar um violino, então, minha meta de 2017 é aprender a tocar (pelo menos um pouco) para chegar no final do ano e tocar para a minha família no Natal rsrsrs.

TOP 10: As melhores fotos do Ano!

E é claro que eu não poderia encerrar o ano sem mostrar para vocês as minhas 10 fotos FA-VO-RI-TAS do ano, não é mesmo? Eu sou uma pessoa que ama fotografia, e até penso em fazer curso daqui um tempo.. Então, eu separei 10 fotos dentre viagens, saídas e compromissos do Serviço como se fosse um resumão pra vocês!

1482877477733556

Top 10: As músicas mais ouvidas durante o ano!

DNCE – Cake By The Ocean

Maiara & Maraisa – 10%

Bruno Mars – 24K Magic

Panic! At The Disco – Miss Jackson

Naiara Azevedo – 50 Reais

Simone & Simaria – 126 Cabides

Little Mix – Shout Out to My Ex

The Weeknd – Can’t Feel My Face

Demi Lovato – Cool For The Summer

Panic! At The Disco – Bohemian Rhapsody

Top 10: Melhores Filmes de 2016

1º – Animais Fantásticos e Onde Habitam

2º – Doutor Estranho

3º – Truque de Mestre – Segundo Ato

4º – Pets – A Vida Secreta dos Bichos

5º – Star Trek – Sem Fronteiras

6º – Esquadrão Suicida

7º – A Lenda de Tarzan

8º – Rogue One: Uma História Star Swar

9º – Inferno

10º – Capitão América 3: Guerra Civil

Um comentário em “Retrospectiva 2016!

  1. Acompanhei tudo isso, portanto, posso atestar o quanto você é valente…Resiliente!
    Ano esquisito, estranho, denomine como quiser, mas você foi maior, e, claro, se tornou uma pessoa muito melhor…Se é que isso é possível!!
    Diante de todas as intepéries sofridas por você, minha lindíssima amiga, vou ousar dizer:
    2017 VAI SER O MELHOR ANO DE SUA VIDA!!
    Te amo…Feliz novo ano, feliz novas e lindas experiências!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s